Saturday, December 02, 2006

O Presente (ou Desculpa Para Não Dar Presentes, você escolhe o título)

O presente é um tremendo de um presente - o passado já se foi, futuro pode não ser um bom presente. Quando ganhamos algo de quem nós gostamos, é como se isso sempre nos pertencesse. Pode ser uma caixa de chocolates - que acaba no mesmo dia, a não ser que dê uma dor de barriga - uma flor, um carro, qualquer coisa (claro que um carrão ou uma jóia é muito mais 'presença'). Mas eu acredito que o melhor presente são sentimentos. Raciocine comigo.
Um sentimento não tem preço. Claro que isso não é desculpa, pois algo que não tem preço pode não valer nada, mas não é esse o caso. Estou falando de um BOM sentimento; Um sentimento nunca vem sozinho - quando estamos apaixonados, por exemplo (exemplo!!!!!!), vem muitos outros sentimentos: alegria, prazer, tesão, compreensão, e quem sabe até felicidade e esperança. Ou a amizade, que trás inúmeros sentimentos, como companheirismo, camaradagem, ajuda, alegria, risos e sorrisos, etc, etc... Por essa lógica, um sentimento como presente são vários presentes, já que são vários sentimentos;
Um sentimento como presente pode ser infinito. Claro que sentimentos acabam, mas fica o aprendizado - esse sim é eterno.
Um sentimento (estou ficando repetitivo) muda tudo, muda mais do que determinadas coisas materiais. Por exemplo: camisas feias que não cabem, ou cd's de música brega, ou qualquer outra coisa que se queira trocar, porque quem comprou seguiu o próprio gosto e ainda disse: "Ah, acho isso a sua cara". Ao menos, nesse caso, veio o sentimento da lembrança. E é da lembrança que vem (tradicionalmente) o presente, fazendo o ciclo lembrança = presente, e sendo a lembrança um sentimento, logo: sentimento = presente. Entendeu?
Voltando ao início, e seguindo a lógica de que sentimentos acabam, o que sentimos está no nosso presente, porque se não sentimos, já é passado. Logo, se você está no meu presente é porque eu te sinto e se eu te sinto, você sempre estará no meu presente (mesmo que não nos vejamos sempre), e esse é o melhor presente que eu posso te dar (liso?!). E, sendo assim, o presente é o meu melhor presente.

6 comments:

anacrixtxina said...

Eita, que bom que o encontrou...
Cheio de lógicas e explicações. Isso sim é sua cara. Daria um bom advogado, "dobra" qualquer pessoa e a faz acreditar em algo cuja opinião era totalmente contrária.
Gosto muito desse texto...

Anonymous said...

Um ótimo texto, inteligente e verdadeiro, com atributos que definem bem o autor.
Claro que o aperfeiçoamento sempre é necessário. Mas o que o texto exprime já demonstra seu alto nível. E tenho que concordar que os bons sentimentos são os melhores presentes, mas você disse que eles acabam e os presentes materiais também, então o que restará será sempre aprendizado e lembranças?

Raíssa

ŦąՅเσ™ said...

exatamente, meu amor.. aprendizado e lembranças sempre.. e claro, os sentimentos mais verdadeiros, pelos quais vale a pena lutar para mantê-los no presente, e não no passado... beijao, valew o comentário

Hadassa Kelly said...

Você sempre cheio de exlicações... Texto muito bem bolado, boa idéia, bem escrito, portanto. Eu sempre acreditei na sua retórica infalível hahahah...

cristiane said...

ah ficou legal o texto..
adorei muito mesmo
xD
os melhores presentes sao os sentimentos ;)
mas se bem que se juntar algum dinheiro podemos dar um presente a mais q os sentimentos neh?
hahahaha
brincadeira
bjão =****

ŦąՅเσ™ said...

podemos sim, cris.. e eu vou juntar um dinheirinho, pra te dar um presente além dos meus sentimentos.. ;) beijo